Notícias

Londrina amplia testes para HIV, sífilis e hepatites B e C em gestantes
01 Jul
Divulgação

Londrina amplia testes para HIV, sífilis e hepatites B e C em gestantes

A Rede Municipal de Saúde de Londrina informou a ampliação da realização de testes rápidos para detecção de HIV, sífilis, hepatites B e C nas gestantes atendidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. A medida traz ganhos importantíssimos, pois propicia a detecção precoce das doenças, para que os encaminhamentos e tratamentos à paciente iniciem o mais rápido possível, evitando maiores danos à saúde da gestante e do feto.

No momento, quase todas as UBSs ofertam os testes rápidos para as gestantes no primeiro, segundo e terceiro trimestres de gestação. E aquelas que ainda não ofertam, têm previsão de começar a execução dos testes ainda em julho.

Antes da instituição da medida, as gestantes já colhiam, em cada trimestre, os seus exames, incluindo os que detectam HIV, sífilis e a hepatite B. Contudo, a maioria das UBSs faziam a coleta venosa (sorologia), que vai para análise do laboratório Centrolab, e o resultado demora alguns dias para ficar pronto. Já os testes rápidos dão celeridade, pois o resultado para as quatro doenças fica pronto em apenas 30 minutos, aproximadamente. Ele é realizado com a coleta de uma gota de sangue na ponta do dedo.

De acordo com a coordenadora de Saúde do Adulto da Secretaria Municipal de Saúde, Juliana Marques, a detecção precoce das doenças é fundamental para qualificar a assistência às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Isso porque, com o teste rápido, é feita a detecção precoce e instituídos o tratamento e os encaminhamentos necessários o mais rápido possível. “No caso de sífilis, a detecção precoce permite tratar a gestante e o seu parceiro em tempo hábil, para prevenir a sífilis congênita, que pode causar aborto, parto prematuro e malformações físicas e neurológicas no bebê”, apontou.

Além das gestantes, as UBSs ofertam algumas vagas para a realização dos testes rápidos na população em geral. Os demais cidadãos também pode realizar os testes no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que fica na Alameda Manoel Ribas, 1, segundo andar, no centro. O local atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, e oferta 11 vagas para testes rápidos por dia. Os interessados em realizar a testagem no CTA devem agendar um horário previamente, pelo portal da Prefeitura de Londrina.

No caso de resultado positivo no teste rápido, são tomadas as condutas e encaminhamentos necessários para cada doença. Se o diagnóstico for de sífilis, o tratamento é feito imediatamente na UBS; caso o resultado seja positivo para HIV, o paciente é encaminhado para acompanhamento e início de tratamento no Centro de Referência Dr. Bruno Piancastelli; e se for Hepatite B ou C, o encaminhamento é feito para o Cismepar realizar a investigação com exames complementares, acompanhamento e tratamento.

Além disso, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde fazem o aconselhamento, em todos estes casos, junto com o resultado, fornecendo as orientações para que o paciente não corra o risco de se expor e contrair as doenças novamente. Durante esse processo de cuidado, os servidores ressaltam a importância do uso dos métodos de barreira (preservativos masculino e feminino) e o quanto seu uso é fundamental para a prevenção dessas ISTs.

Formação de profissionais

Para a instituição dos testes rápidos das quatro doenças nas UBSs, voltados às gestantes atendidas pela rede municipal, a SMS implementou uma capacitação voltada aos enfermeiros e técnicos de enfermagem do município. O objetivo é formar novos executores de testagem rápida para HIV, sífilis e Hepatites B e C. Ao todo, cerca de 100 profissionais já passaram pela formação.

Primeiro, os profissionais fazem um curso on-line no Telelab, programa de educação permanente do Ministério da Saúde (MS), que disponibiliza cursos gratuitos, cujo público-alvo são os profissionais da área. Após a conclusão do conteúdo teórico, etapa em que eles fazem prova e recebem certificado, inicia-se a parte prática, com enfermeiros da SMS já capacitados, dentro da UBS.

Créditos: Tem Londrina

REDES SOCIAIS:
Image
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
Image