Notícias

Prefeitura de Londrina abre inscrições para o teste seletivo de 33 vagas
26 Jul
Reprodução

Prefeitura de Londrina abre inscrições para o teste seletivo de 33 vagas

As inscrições para o teste seletivo da Prefeitura iniciaram nesta segunda-feira (25), a partir das 17h. O teste visa a contratação temporária de 33 profissionais para atuarem como arquiteto, geógrafo, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro químico, engenheiro eletricista e técnico em agrimensura.

A remuneração oferecida varia de R$ 4.205,43 a R$ 7.853,56, conforme a função, e a carga horária semanal será de 30 horas. Para assumir uma das vagas, o candidato precisa atender e comprovar os requisitos de formação acadêmica, em nível superior ou técnico/profissionalizante, e estar regularmente inscrito em seu conselho profissional (se for o caso).

As inscrições poderão ser efetuadas a partir das 17h desta segunda-feira (25) até às 17h do dia 8 de agosto, somente pela internet (clique aqui). Para isso, é necessário acessar o Portal do Candidato, mediante login individual, e fazer a inscrição on-line. O candidato poderá efetuar inscrição para mais de uma função, e deve efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 9 de agosto.

O valor da taxa de inscrição varia de acordo com a função selecionada, entre R$ 54 e R$ 86 reais. Contudo, existe a possibilidade de solicitar a isenção da taxa, até quarta-feira (27), caso o candidato se enquadre em alguns destes requisitos: ser servidor público municipal efetivo, ativo ou inativo, ou comissionado; estar desempregado; estar inscrito no Cadastro Único; ser prestador de Serviço Eleitoral.

Para solicitar a isenção da taxa, o candidato deve fazer a inscrição on-line e não pagar o boleto emitido. Em seguida, acessar o link “Solicitar isenção”, no Portal do Candidato, preencher novo formulário e encaminhar todas as informações exigidas no edital.

O teste seletivo também contempla reserva especial de vagas para Pessoas com Deficiência (PCD) e afro-brasileiros. Essa indicação deve ser feita pelo próprio candidato, no ato da inscrição.

O deferimento das inscrições, que contém a relação das inscrições deferidas e indeferidas ao teste, está previsto para ser publicado no dia 15 de agosto. Após encerrar todas as etapas de classificação, a previsão é que o resultado final seja homologado em setembro, dando início às convocações e contratações.

O Teste Seletivo consistirá em avaliação de títulos (escolares/acadêmicos e profissionais), de caráter classificatório e eliminatório. Apenas para a função de técnico em agrimensura haverá, também, avaliação prática (prova de conhecimentos específicos), de caráter classificatório e eliminatório, conforme os critérios estabelecidos no edital. No entanto, exclusivamente para esta função, mesmo que o candidato não tenha títulos, mas porte o requisito de ingresso à função, que é a escolaridade básica de topografia e agrimensura, ele pode se inscrever. Isso porque, caso a titularidade fique zerada, a prova prática poderá suprir os pontos necessários para classificação e colocação.

A secretária municipal de Recursos Humanos, Julliana Faggion Bellusci, ressaltou que é importante os candidatos estarem atentos ao edital, aos critérios de pontuação, e sobre quais os documentos específicos que serão válidos, para a pontuação, pois muitas vezes as pessoas apresentam documentos que não servem, conforme o edital. “Em breve, nós pretendemos fazer uma live, como temos feito em todo certame público, para explicar mais sobre o teste”, contou.

O contrato, com os profissionais, terá duração de até 12 meses, podendo ser prorrogado uma única vez por até igual período, desde que seja necessário ao serviço público. A previsão é que a primeira convocação dos candidatos aconteça no dia 19 de setembro, dentro do número de vagas, com estimativa de início das atividades no dia 10 de outubro.

Os profissionais vão atuar nas secretarias municipais de Obras e Pavimentação, Educação, do Ambiente, Agricultura e Abastecimento, e no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL). “Todos estes profissionais lidam diretamente com obras e, como o município está com muitas obras, o teste seletivo pretende repor a necessidade temporária destes profissionais. Engloba, inclusive, a demanda de várias secretarias que estão interagindo nas obras, como o Ippul e a Secretaria de Agricultura. Como as obras têm início, meio e fim, as demandas são temporárias, o que justifica a necessidade do teste seletivo para que estes profissionais sejam supridos, momentaneamente”, explicou a secretária Bellusci.

Créditos: Tem Londrina

REDES SOCIAIS:
Image
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
Image