Notícias

UEL abre Segunda Etapa de Inscrições para o Curso Especial Pré-Vestibular
01 Fev

UEL abre Segunda Etapa de Inscrições para o Curso Especial Pré-Vestibular

Escrito por

O Serviço de Bem-Estar à Comunidade (Sebec) e a Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Sociedade (Proex) anunciaram nesta quarta-feira o início da segunda fase de inscrições para novos estudantes do Curso Especial Pré-Vestibular (CEPV) da UEL. Nesta etapa, a seleção será conduzida por assistentes sociais do Sebec, levando em consideração informações relacionadas às condições socioeconômicas dos candidatos e de suas famílias.

Conforme o edital conjunto Sebec/Proex, os candidatos têm até o dia 16 de fevereiro para preencherem as informações necessárias por meio do formulário disponibilizado. A lista referente à primeira etapa das inscrições, contendo as candidaturas deferidas e indeferidas, será publicada ainda hoje às 17h.

A seleção socioeconômica conduzida pelo Sebec baseia-se no cálculo do Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), resultante da avaliação de variáveis como renda familiar, situação de emprego, educação, saúde, proteção social, condição do domicílio familiar e mobilidade urbana. Nesse contexto, destaca-se que a Renda Bruta Familiar Per Capita mensal não deve ultrapassar dois salários-mínimos (federal), equivalente a R$ 1.320, conforme estabelecido pela Medida Provisória Nº 1.172, de 1º de maio de 2023.

O edital contendo as candidaturas deferidas e indeferidas desta etapa estará disponível a partir das 17h do dia 15 de março. Os dias 18 e 19 de março são designados para a análise dos recursos referentes às candidaturas indeferidas. O período de matrículas está programado para ocorrer nos dias 26, 27 e 28 de março, abrangendo todos os candidatos selecionados.

Para o ano de 2024, o Curso Especial Pré-Vestibular da UEL disponibilizará um total de 450 vagas, divididas em 200 no período vespertino (das 14h às 18h) e 250 no período noturno (das 19h às 23h). O início das aulas está programado para o dia 1º de abril de 2024.

 

Início das Entrevistas para Inspetores Convocados para Novo Cargo
24 Jan

Início das Entrevistas para Inspetores Convocados para Novo Cargo

Escrito por

No decorrer desta segunda-feira (22), teve início o processo seletivo para o cargo de inspetor nas escolas municipais de Londrina. Os recrutadores iniciaram a convocação dos candidatos inscritos para a segunda fase do certame. Ao todo, mais de sete mil pessoas demonstraram interesse nas vagas, sendo que o período de inscrições foi encerrado na terça-feira (23), às 14h.

A empresa Costa Oeste Serviços, pertencente ao grupo TerceirizeMais, é a encarregada da execução do contrato e conduzirá o processo de recrutamento conforme os requisitos e exigências estipulados no edital pela Secretaria Municipal de Educação (SME). A Terceirize entrará em contato com os candidatos selecionados por meio do telefone fornecido no cadastro, seja por ligação ou WhatsApp. Os primeiros convocados já estão passando por entrevistas.

O coordenador de Operações da TerceirizeMais, Ricardo José, explicou a dinâmica das próximas etapas. "Nossa equipe de recrutamento e seleção está empenhada em analisar detalhadamente os currículos dos milhares de inscritos desde o início. Possuímos experiência para escolher os perfis mais adequados à vaga e convocar esses candidatos para dar continuidade ao processo seletivo. Vamos chamar o maior número possível de trabalhadores, sempre selecionando os mais qualificados", informou.

Diante da expressiva quantidade de inscritos, o coordenador adiantou que não será possível fornecer um retorno individual para todos. “Gostaríamos de poder dialogar e oferecer uma resposta personalizada a cada candidato, mas, considerando o elevado número de inscrições e o tempo necessário para a contratação, precisaremos realizar uma triagem com base nos currículos e informações apresentadas no momento da inscrição. As entrevistas já foram iniciadas, e a expectativa é de que, ainda no mês de fevereiro, tenhamos os inspetores atuando nas escolas”, relatou.

Segundo o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, a SMTER desempenhou com excelência seu papel no processo. "Nossa principal missão foi disseminar informações sobre essa oportunidade aos trabalhadores, garantindo que o grupo tivesse uma ampla variedade e qualidade de candidatos para selecionar os melhores de acordo com o perfil da vaga. Nesta etapa, caso a Terceirize opte por utilizar a estrutura da Secretaria do Trabalho, que dispõe de salas de entrevista e auditório na área central da cidade, para conduzir o processo, permanecemos à disposição para auxiliar", assegurou.

TerceirizeMais – O grupo TerceirizeMais, de origem paranaense, possui aproximadamente dez mil colaboradores em 150 cidades do Brasil, contando com uma equipe experiente de recrutadores para otimizar o processo seletivo.

Na região de Londrina, presta serviços há mais de dez anos para a prefeitura, CMTU, entre outros órgãos e municípios locais. Além disso, já desempenha o serviço de limpeza nas próprias unidades escolares onde os inspetores serão alocados.

 

Vitória Inspiradora: Ex-moradora de Rua Conquista Vaga em Vestibular da Universidade Estadual de Londrina
23 Jan

Vitória Inspiradora: Ex-moradora de Rua Conquista Vaga em Vestibular da Universidade Estadual de Londrina

Escrito por

Eliane Batista, de 39 anos, celebra sua recente aprovação no curso de Serviço Social da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Superando sua experiência de vida nas ruas, Eliane encontrou apoio nos serviços da Trilha da Cidadania, uma iniciativa da Prefeitura voltada para a inserção e assistência de pessoas em situação de rua. Atualmente, ela reside em uma república da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), em parceria com o Ministério de Missões e Adoração (MMA).

A recém-aprovada caloura, Eliane Batista, expressou grande felicidade e gratidão por sua conquista, compartilhando um pouco de sua história. Desde os 18 anos, Eliane enfrentou idas e vindas em seu ambiente familiar, até que, finalmente, sua família decidiu encerrar o ciclo, levando-a a viver nas ruas de forma permanente. "Após passar por uma internação de quatro meses, ingressei em uma instituição da SMAS, onde alcancei várias conquistas, incluindo a conclusão do Ensino Médio. Agora, estou em busca dos meus objetivos, que envolvem cursar a faculdade e conseguir um emprego", revelou.

Eliane expressou sua gratidão à Secretaria Municipal de Assistência Social e incentivou aqueles que enfrentam dificuldades a procurarem ajuda. "A secretaria foi fundamental para minha trajetória, oferecendo serviços e acreditando em mim. Minha relação com o serviço social é muito positiva, pois encontramos espaço para expressar sentimentos e discutir nossas necessidades. Para quem está passando por momentos difíceis, digo que acreditar em seu potencial é crucial. Não espere chegar ao ponto em que cheguei, quase perdendo tudo, para buscar ajuda. Lembre-se de que nunca é tarde para dar a volta por cima e retomar a vida, pois ainda há muito pela frente", enfatizou.

A secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Marçal Micali, parabenizou Eliane Batista e destacou que a conquista da ex-moradora de rua, que celebra sua aprovação em uma universidade estadual, é um exemplo claro de como políticas públicas de qualidade podem restaurar a cidadania das pessoas. "A Trilha da Cidadania foi implementada em Londrina em 2019, durante a gestão do prefeito Marcelo Belinati, e consiste em uma integração de serviços, programas e projetos projetados para atender a população em situação de rua de maneira personalizada, de acordo com as necessidades individuais de cada um", ressaltou.

 

Horário Estendido: Papelarias em Londrina se Preparam para Volta às Aulas
22 Jan

Horário Estendido: Papelarias em Londrina se Preparam para Volta às Aulas

Escrito por

As papelarias de Londrina decidiram ampliar os horários de atendimento em antecipação ao início das aulas. Agora, as lojas permanecerão abertas até as 17h durante os fins de semana, resultado de um acordo entre o Sindicato do Comércio Varejista de Londrina e Região (Sincoval) e os empresários do setor.

 

As papelarias de Londrina optaram por três finais de semana com horário estendido antes do início das aulas. Além dos sábados e domingos, o atendimento durante a semana também será prolongado, funcionando até as 21h. Essa decisão foi resultado de um acordo entre o Sindicato do Comércio Varejista de Londrina e Região (Sincoval) e os empresários do setor.

 

Devido à alta procura, a possibilidade de estender o horário já estava sendo discutida pelo sindicato. As papelarias de Londrina, em acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Londrina e Região (Sincoval), decidiram implementar o horário estendido durante três finais de semana, além de ampliar o atendimento durante a semana até as 21h.

 

Mudança de Atendimento: Núcleo Regional de Educação Transfere suas Operações para o Colégio Estadual Vicente Rijo
16 Jan

Mudança de Atendimento: Núcleo Regional de Educação Transfere suas Operações para o Colégio Estadual Vicente Rijo

Escrito por

Com uma trajetória de 40 anos na Avenida Maringá, o Núcleo Regional de Londrina agora está realizando atendimentos provisórios no Colégio Estadual Vicente Rijo, localizado na Avenida JK com Higienópolis. A mudança busca aprimorar as condições de atendimento e oferecer um serviço mais eficiente à comunidade, mantendo o compromisso com a excelência educacional na região.

A previsão é que o Núcleo Regional permaneça operando no novo endereço até o final do mês. Após esse período, está programada a mudança definitiva para a Rua Celso Garcia Cid, assim que a reforma do local for concluída.

A chefe do órgão, Jéssica Pieri, destacou que o antigo prédio não conseguia mais acomodar a quantidade de servidores e não oferecia acessibilidade.

Com mais de 150 funcionários no órgão, a mudança está em andamento. Durante esse período de transição, pais e responsáveis que necessitarem esclarecer dúvidas podem dirigir-se à escola do aluno. O atendimento no Colégio Vicente Rijo ocorre durante o horário comercial.

 

Divirta-se nas Férias: Biblioteca Infantil Apresenta Programação Especial de 16 a 26 de Janeiro
12 Jan

Divirta-se nas Férias: Biblioteca Infantil Apresenta Programação Especial de 16 a 26 de Janeiro

Escrito por

Com o propósito de cultivar o hábito da leitura entre os jovens de Londrina, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC), através da Diretoria de Bibliotecas, prepara uma programação de férias exclusiva para a comunidade. Descubra novas histórias conosco neste período especial!

Direcionada para crianças, bem como seus pais e responsáveis, a iniciativa terá início na próxima terça-feira (16) e se estenderá até o dia 26 de janeiro (confira a agenda abaixo). Todas as atividades são gratuitas e ocorrerão na própria Biblioteca, situada na Praça 1º de Maio, Centro, ao lado da Concha Acústica. Para participar, é necessário realizar inscrição antecipada, por meio do telefone (43) 3371-6603.

Dentre as atrações, a programação incluirá oficinas práticas, sessões de contação de histórias e atividades de desenho."

Conforme destacado pela diretora de Bibliotecas da SMC, Leda Araújo, esta iniciativa é realizada anualmente com o propósito de despertar o interesse das crianças pela leitura e, por conseguinte, pela literatura. 'São atividades diversificadas planejadas para complementar o trabalho educacional, oferecendo momentos de recreação, reflexão de valores e brincadeiras para as crianças', ressaltou.

A experiência envolvente de aprendizado e diversão terá início na terça-feira (16), às 10h, com a oficina de Versos Fantásticos, conduzida pelo jornalista, poeta e pesquisador Valdir Grandini. Durante essa atividade, os participantes serão convidados a participar de uma roda de criação coletiva, contribuindo para a formação de uma poesia única.

Com o intuito de desenvolver a criatividade poética nas crianças, essa oficina foi concebida e implementada pela primeira vez em 2012. Desde então, ela tem proporcionado experiências enriquecedoras, envolvendo pais, responsáveis, educadores e as próprias crianças. Valdir Grandini destaca a importância de envolver quem está próximo às crianças, pois isso ajuda a compreender o papel da poesia na imaginação.

A oficina aborda a linguagem literária nonsense, originada dos autores Edward Lear e Lewis Carroll. Essa forma de expressão baseia-se na imaginação, fantasia e desafio ao senso comum, explorando o fantástico e a forma das palavras, entre outras técnicas.

"Eu uso muito a estrutura dos limericks, que envolvem a criação de um verso fantástico com situações inusitadas, e convido as crianças a fazerem isso por meio de uma série de jogos e brincadeiras", conclui Grandini.

Confira a programação completa:

  • 16/01, às 10h: Oficina de Versos Fantásticos com Valdir Grandini
  • 17/01, às 9h30: Contação de história sobre os livros "3 pernas" e "Pintinho Fofinho" e oficina de jogo de tabuleiro com mediação de Tiago da Fonseca
  • 18/01, às 10h: Oficina "O Livro é o Melhor Remédio", sobre a obra "A caixa de Pandora", com Leda Araújo e Lusenir de Oliveira
  • 22, 24 e 26/01, das 14h às 16h: Oficina de criação e produção de histórias em quadrinhos com o professor Eloyr Pacheco
  • 23/01, às 9h30: Contação de história sobre o livro "A Semente da Verdade" e confecção de um planner. Evento conduzido por Val Irene.
 
 
 
Prefeitura fornecerá material, uniforme e mochila aos alunos da rede municipal
10 Jan

Prefeitura fornecerá material, uniforme e mochila aos alunos da rede municipal

Escrito por

Todos os mais de 46,5 mil alunos da rede municipal de ensino, das zonas urbana e rural, receberão da Administração Municipal de Londrina um conjunto personalizado com materiais pedagógicos, traje e mochila para desempenharem o ano acadêmico de 2024 com ainda mais excelência e proporcionando economia às famílias. O prefeito Marcelo Belinati e a responsável pela pasta de Educação, Maria Tereza Paschoal, divulgaram nesta terça-feira (9) que o investimento com esse conjunto será de R$ 14.802.873,16, provenientes de recursos próprios, possibilitando a distribuição dos itens, com previsão de conclusão entre o final de janeiro e o início de fevereiro, quando as atividades letivas serão reiniciadas.

Da mesma forma que ocorreu em 2023, serão beneficiados com os conjuntos tanto os 34.881 estudantes das instituições de ensino municipal da cidade, abrangendo P4, P5 e 1º ao 5º ano do ensino fundamental, como as 5.189 crianças pequenas de berçário (CB, C1 e C2) e pré-escola (P4 e P5), inscritas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), além dos 6.437 alunos dos Centros de Educação Infantil (CEIs) filantrópicos conveniados com a Secretaria Municipal de Educação (SME). Também serão contemplados com os conjuntos os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A grande inovação no conjunto escolar de 2024 são as mochilas, elementos que não constavam entre os adquiridos e entregues no ano anterior. Fabricadas em dois tamanhos para atender as crianças de diferentes faixas etárias, as mochilas são personalizadas e uniformizadas na cor preta, com estampa desenhada colorida destacando o personagem Vidinha e sua turma, que representam os “alunos” do Programa VIDA, utilizados pela SME em campanhas e iniciativas da rede municipal. Os custos unitários das mochilas para a Prefeitura são de R$ 57 e R$ 59. Os cadernos e estojos também são personalizados com os personagens, proporcionando um aprendizado mais lúdico e interativo.

São elementos que integram os conjuntos de materiais, apresentando variações de acordo com a faixa etária, incluindo agenda escolar, bloco de desenho, cola líquida, giz de cera, pasta escolar, tinta guache, estojo, mochila, caderno, lápis preto, lápis de cor, massinha de modelar, papel sulfite, pincel, caneta, régua, borracha, apontador, entre outros.

 
 
 
Londrina abre cadastro para matrículas e transferências na rede municipal
08 Jan

Londrina abre cadastro para matrículas e transferências na rede municipal

Escrito por

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Educação (SME) iniciou o período de realização de cadastros para novas matrículas e transferências para crianças que vão estudar do P4 ao 5º ano. Para a efetivação do cadastro dos educandos de 4 a 10 anos, há um formulário disponível no Portal da Prefeitura (clique aqui), que poderá ser acessado até setembro de 2024 pelos pais e responsáveis.

De acordo com a diretora administrativa e de Planejamento da SME, Rosana Daliner Acosta Marchese, os pais ou responsáveis precisam ter em mãos a certidão de nascimento do aluno, comprovante de endereço, CPF do responsável e um número para contato. Essas informações são necessárias para preencher o formulário eletrônico. Ainda segundo Daliner, no ano de 2023 foram mais de 4.500 solicitações entre transferências e novas matrículas.

É importante ressaltar que as informações cedidas e coletadas no Cadastro de Matrícula serão utilizadas apenas para a organização, distribuição e encaminhamento das vagas ou transferências de crianças para as séries de P4 a 5º ano, para o corrente ano letivo na rede municipal.

Após a realização do cadastro, os pais ou responsáveis precisam aguardar o contato da instituição de ensino a fim de realizar o agendamento de uma data e horário para efetivar o processo de matrícula, com a devida documentação. Conforme Daliner, através do mesmo site no qual o responsável realizou o cadastro, é possível ter acesso à informação referente à unidade para a qual o estudante foi encaminhado.

Para as inscrições de crianças de 0 a 3 anos, o processo já se iniciou e deve ser realizado de forma presencial através da Central Única de Vagas em Creches de Londrina. A unidade fica na rua Benjamin Constant, 800, Centro, com acesso pela viela ao lado do Museu Histórico.

Os pais e responsáveis devem entrar em contato através dos telefones (43) 3375-0220 e (43) 3375-0282, agendar um horário para realizar a entrevista e apresentar a documentação necessária listada no site da Central de Vagas.

Atualmente, Londrina conta com 88 escolas municipais de ensino fundamental, 58 Centros de Educação Infantil (CEI) filantrópicos e 33 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI). As aulas estão previstas para se iniciar no dia 5 de fevereiro.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com a SME por meio dos telefones (43) 3375-3132 e (43) 3375- 0237.

CREDITO: TEM LONDRINA 

Cursos técnicos integrados ao ensino médio têm inscrições abertas até dia 12
05 Jan

Cursos técnicos integrados ao ensino médio têm inscrições abertas até dia 12

Escrito por

Estudantes que ingressam no primeiro ano do ensino médio em 2024 na rede estadual têm a chance de cursar, junto, cursos técnicos ofertados na rede do estado. Disponíveis em todas as regiões do Paraná, as 50 mil vagas abrangem cursos como administração, agronegócio, desenvolvimento de sistemas, programação de jogos digitais, hospedagem e gastronomia.

 

Para verificar a disponibilidade, os interessados devem se dirigir à sua escola de origem até o dia 12 de janeiro, data limite para manifestar interesse, fazer a inscrição e garantir sua vaga.

A integração tem como objetivo proporcionar aos estudantes uma formação profissional aliada ao ensino médio, permitindo que concluam os estudos e já consigam ser inseridos no mercado de trabalho. A iniciativa, viabilizada pela Seed (Secretaria de Estado da Educação), oferece aulas ministradas no mesmo turno regular e dentro da mesma escola.

"As aulas são conduzidas pelos professores da rede, proporcionando uma integração efetiva entre a teoria e a prática, somando o ensino profissionalizante ao regular, ou seja, o estudante faz o ensino médio e junto um curso técnico, e conclui os dois ao mesmo tempo, em três anos", destaca Roni Miranda, secretário estadual da Educação.

Durante o curso, os alunos contam, ainda, com incentivos e orientação para estágios remunerados por meio do programa de empregabilidade, também de iniciativa da Seed-PR, ampliando as oportunidades de inserção no mundo do trabalho. Para este ano, a expectativa é de que mais de 100 mil estudantes façam cursos técnicos junto com o Ensino Médio.

 

Roni Miranda enfatiza que a formação técnica integrada ao ensino médio não apenas enriquece o currículo acadêmico, mas também promove uma transição mais preparada para o mercado de trabalho. "Investir na formação técnica é investir no futuro do Paraná. Essa modalidade de ensino proporciona aos jovens uma base sólida tanto para a continuidade dos estudos no ensino superior, quanto para a inserção profissional imediata. Estamos comprometidos em oferecer oportunidades de qualidade e preparar uma nova geração de profissionais qualificados”, afirma.

 

Expansão

 

A oferta de 50 mil novas vagas em cursos técnicos em 2024 impulsionará o acesso à educação profissional no Paraná. A medida visa atender a crescente demanda do mercado por habilidades específicas. Com mais de 30 cursos disponíveis, equipados com laboratórios e materiais de última geração, a oferta de vagas vem crescendo de forma significativa. Em 2021, eram cerca de 14 mil vagas; no ano seguinte, saltaram para 29 mil e, em 2023, atingiram a marca de 38 mil.

 

"Ao longo dos últimos anos, a ampliação na oferta de cursos técnicos na rede estadual tem facilitado o ingresso dos jovens no mercado de trabalho, oferecendo capacitação técnica e preparo profissional", reforça Miranda.

O secretário da Educação ressalta que a possibilidade de conclusão do ensino médio e do curso profissionalizante no mesmo período e o ingresso imediato dos jovens no mercado de trabalho são as principais vantagens do programa. Ele afirma que esse enfoque prático se traduz em resultados tangíveis, como o aumento significativo no número de contratos de trabalho após a conclusão dos cursos, que passou de 3,4 mil no início de 2023 para 17 mil em outubro do mesmo ano.

Além disso, a ênfase em programas de estágio remunerados, incluindo o Jovem Aprendiz, tem contribuído para que quase 30% dos estudantes que optam pelos cursos técnicos no Paraná ingressem no mercado. "A educação profissionalizante não só prepara os estudantes para o mercado atual, mas também os conecta diretamente às oportunidades de emprego, gerando impactos positivos em suas carreiras desde o início", finaliza Miranda

CREDITO: BONDE - FOLHA DE LONDRINA 

 
Professor da UEL é eleito membro da Academia Brasileira de Ciências
07 Dez

Professor da UEL é eleito membro da Academia Brasileira de Ciências

Escrito por

O professor de Microbiologia Veterinária, atual diretor do Hospital Veterinário (HV) da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Ulisses de Pádua, foi eleito representante da região sul da Academia Brasileira de Ciências, entidade milenar, fundada em 1916, no Rio de Janeiro, e que tem o objetivo de estimular o trabalho científico e o desenvolvimento da pesquisa brasileira para o desenvolvimento tecnológico do país.

Ulisses foi eleito na categoria membro afiliado, aberto a jovens pesquisadores, com menos de 40 anos de idade. O mandato de quatro anos terá início a partir de janeiro do próximo ano. Ele foi indicado pelo colega da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Vasco de Carvalho Azevedo, pesquisador da área de Medicina Veterinária com ênfase em genética molecular e de Microrganismos.

Na UEL, o professor está à frente do HV e também coordena o Laboratório de Bacteriologia de Peixes (LABBEP). O laboratório recebeu recentemente recursos da ordem de R$ 500 mil, por meio de acordo de cooperação, para o desenvolvimento de projetos estratégicos de saúde animal, sobretudo de peixes.

 

CREDITO: TEM LONDRINA 

Página 2 de 15
Image
Image
Image
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!