Notícias

Londrina registra mais quatro óbitos causados por covid-19; total é 2.532
08 Jun

Londrina registra mais quatro óbitos causados por covid-19; total é 2.532

Escrito por

A Secretaria de Saúde de Londrina registrou mais quatro óbitos causados pelo coronavírus no boletim de ontem. As vítimas são três homens de 59, 80 e 85 anos, e uma mulher de 73 anos.

Segundo o boletim, foram confirmados mais 271 casos nas últimas horas, com 884 casos ativos da doença. Desde o início da pandemia, 2.532 londrinenses perderam a vida e 140.037 foram contaminados.

A média móvel de casos é de 367 registros confirmados por dia.

O município tem 46 londrinenses internados, sendo 20 em UTI e 26 em enfermaria.

Recomendações

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou um novo decreto recomendando que a população atualize a imunização com as doses de reforço disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e volte a utilizar máscaras em ambientes fechados.

Créditos: Tem Londrina

Saúde confirma mais dois óbitos causados pela covid-19 em Londrina
07 Jun

Saúde confirma mais dois óbitos causados pela covid-19 em Londrina

Escrito por

A Secretaria de Saúde de Londrina registrou ontem mais dois óbitos causados pelo coronavírus no boletim. As vítimas são duas mulheres de 85 e 92 anos.

Segundo o boletim, foram confirmados mais 361 casos nas últimas horas, com 1.031 casos ativos da doença. Desde o início da pandemia, 2.528 londrinenses perderam a vida e 139.766 foram contaminados.

A média móvel de casos é de 404 registros confirmados por dia.

O município tem 53 londrinenses internados, sendo 24 em UTI e 29 em enfermaria.

Recomendações

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou um novo decreto recomendando que a população atualize a imunização com as doses de reforço disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e volte a utilizar máscaras em ambientes fechados.

Créditos: Tem Londrina

Paraná soma 2.538.407 casos e 43.162 óbitos pela Covid-19
06 Jun

Paraná soma 2.538.407 casos e 43.162 óbitos pela Covid-19

Escrito por

Paraná confirmou mais 1.410 casos e um óbito de Covid-19 neste domingo (5). Portanto, conforme dados da Sesa (secretaria de Estado da Saúde), o total é de 2.538.407 confirmações e 43.162 mortes pela doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de junho (1.241), maio (42), abril (1), março (1), fevereiro (107) e janeiro (10) de 2022; novembro (1), outubro (1), setembro (1), julho (1), junho (2), maio (1) e fevereiro (1) de 2021.

Entre os hospitalizados, há 191 pacientes com diagnóstico confirmado ou suspeito do novo coronavírus em leitos SUS - Sistema Único de Saúde (69 em UTI - Unidade de Terapia Intensiva - e 122 em leitos clínicos/enfermaria).

O monitoramento da Sesa registra ainda 11.169 casos de não residentes no Estado e 238 pessoas foram a óbito.

Créditos: Bonde

Saúde confirma mais três óbitos causados pela covid-19 em Londrina
03 Jun

Saúde confirma mais três óbitos causados pela covid-19 em Londrina

Escrito por

A Secretaria de Saúde de Londrina registrou mais três óbitos causados pelo coronavírus no boletim de ontem. As vítimas são três mulheres de 68, 85 e 100 anos.

De acordo com os dados, são mais 218 diagnósticos positivos nas últimas horas, com 896 casos ativos da doença. Desde o início da pandemia, 2.525 londrinenses perderam a vida e 138.426 foram contaminados.

A média móvel de casos é de 361 registros confirmados por dia.

O município tem 50 londrinenses internados, sendo 22 em UTI e 28 em enfermaria.

Recomendações

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou um novo decreto recomendando que a população atualize a imunização com as doses de reforço disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e volte a utilizar máscaras em ambientes fechados.

Créditos: Tem Londrina

Maio: Londrina teve 186 casos de covid-19 na rede municipal de ensino
02 Jun

Maio: Londrina teve 186 casos de covid-19 na rede municipal de ensino

Escrito por

A Secretaria Municipal de Educação (SME), divulgou ontem um balanço da covid-19 nas salas de aulas de Londrina. De acordo com a pasta, 186 casos de covid-19 foram confirmados na rede municipal de ensino no mês de maio. O número representa um aumento em relação ao mês de abril, quando foram constatados 12 casos positivos, e também supera março, que contabilizou 70 diagnósticos.

Isso reflete a elevação do índice de contágio no município, que registrou aproximadamente 6.600 casos positivos em maio, contra 1.158 no mês anterior. Porém, o número de casos registrados na rede municipal de ensino corresponde a 0,34% de sua população, sendo três vezes menor que a taxa referente à população geral de Londrina, que apontou 1,16% de infecções para um total de 570 mil pessoas. Além disso, o índice das unidades educacionais é consideravelmente menor que o número de casos registrado em fevereiro, que foi de 494.

Ainda segundo a secretaria, cerca de 51 mil pessoas tem relação direta com a educação, entre alunos, professores e equipes administrativas.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, a SME precisou suspendeu três turmas em maio, nenhuma em abril e em março; e seis em fevereiro. Ela ressaltou, também, que a pasta tem tomado medidas de biossegurança para a proteção das crianças, professores e demais servidores, incluindo a recomendação do uso de máscaras em ambientes fechados e a disponibilização de álcool em gel.

“Com base nos números apresentados, vemos que as unidades de ensino são locais mais seguros do que o restante da cidade. Caso um aluno apresente sintomas respiratórios, nós avisamos a família, que vem buscá-lo na creche ou escola e, se for constatado que ele está com covid-19, ficará em casa durante o período indicado pelo médico, tendo atividades de reposição posteriormente. Caso mais de uma infecção seja verificada em uma turma, a Vigilância visitará a unidade e analisará se é preciso suspender as atividades daquele grupo”, explicou a secretária.

Créditos: Tem Londrina

Covid: Londrina ultrapassa média de 400 casos confirmados por dia
01 Jun

Covid: Londrina ultrapassa média de 400 casos confirmados por dia

Escrito por

A Secretaria de Saúde de Londrina registrou mais um óbito causado pelo coronavírus no boletim de ontem. A vítima é um homem, de 48 anos, internado em hospital filantrópico desde 25 de maio.

De acordo com os dados, são mais 437 diagnósticos positivos nas últimas horas, elevando para 1.148 casos ativos da doença. Desde o início da pandemia, 2.520 londrinenses perderam a vida e 137.905 foram contaminados.

A média móvel de casos é de 408 registros confirmados por dia.

O município tem 60 londrinenses internados, sendo 2 em UTI e 38 em enfermaria.

Recomendações

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou um novo decreto recomendando que a população atualize a imunização com as doses de reforço disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e volte a utilizar máscaras em ambientes fechados.

Crédito: Tem Londrina

Londrina tem mais 533 casos de covid-19 em boletim e duas mortes
31 Maio

Londrina tem mais 533 casos de covid-19 em boletim e duas mortes

Escrito por

A Secretaria de Saúde de Londrina registrou mais dois óbitos causados pelo coronavírus no boletim de ontem. As vítimas são duas mulheres de 66 e 101 anos.

A mulher de 66 anos estava internada em hospital público desde 20 de maio. E a idosa de 101 anos, hospitalizada em unidade filantrópica desde 12 de maio.

De acordo com os dados, são mais 533 diagnósticos positivos nas últimas horas, elevando para 1.141 casos ativos da doença. Desde o início da pandemia, 2.519 londrinenses perderam a vida e 137.468 foram contaminados.

A média móvel de casos é de quase 400 registros confirmados por dia.

O município tem 57 londrinenses internados, sendo 23 em UTI e 34 em enfermaria.

Recomendações

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) publicou um novo decreto recomendando que a população atualize a imunização com as doses de reforço disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e volte a utilizar máscaras em ambientes fechados.

Créditos: Tem Londrina

Londrina amplia vacinação contra gripe para pessoas a partir de 50 anos
31 Maio

Londrina amplia vacinação contra gripe para pessoas a partir de 50 anos

Escrito por

A Prefeitura de Londrina iniciou ontem o acesso à vacinação contra a gripe para todas as pessoas com 50 anos ou mais, por meio da Campanha Nacional de Vacinação de contra a Gripe. A ampliação do público-alvo foi divulgada pelo secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, na manhã desta segunda-feira.

Em Londrina, a vacina contra a gripe está sendo realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município, das 7h às 19h, sem precisar agendar dia e horário para aplicação. O imunizante ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente, que protege contra as três cepas do vírus que tiveram maior circulação recentemente e são da linhagem H1N1, H3N2 Darwin e B/Victoria. Ela é contraindicada para crianças menores de 6 meses de idade e pessoas com história de anafilaxia grave a doses anteriores.

Além das pessoas com 50 anos ou mais, podem receber a dose, crianças de 6 meses a 4 anos; gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento e forças Armadas; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; e população privada de liberdade.

Até o momento, Londrina contabiliza 102.464 doses da vacina trivalente aplicadas, correspondendo à 54,2% de cobertura vacinal do público-alvo. A meta é vacinar 95% do público estimado. “Os grupos prioritários não tiveram a adesão e cobertura esperadas. Oficialmente, a campanha segue até o dia 3 de junho, mas existe a possibilidade de prorrogação pelo Ministério da Saúde (MS). Por outro lado, observados a solicitação das outras pessoas, que não estão nos grupos prioritários, para receberem a vacina contra a gripe, por isso ampliamos a idade. Vamos observar como será procura nas nossas unidades, a partir de hoje, e gradativamente poderemos baixar as faixas etárias de acordo com o nosso estoque”, explicou o secretário Felippe Machado.

Das 102.464 doses de vacina aplicadas até o momento, a maior parte foi administrada no grupo de idosos (63.426); seguido pelo grupo de trabalhadores da saúde (16.603); crianças (8.021); pessoas com comorbidades (7.480); professores (3.565); população privada de liberdade (1.302); gestantes (1.084); funcionários do sistema prisional (301); forças de segurança (277); puérperas (109); trabalhadores do transporte (107); caminhoneiros (131); pessoas com deficiência permanente (54); e forças armadas (4).

Créditos: Tem Londrina

Covid: 36 de cada 100 londrinenses não receberam a terceira dose
27 Maio

Covid: 36 de cada 100 londrinenses não receberam a terceira dose

Escrito por

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), de cada 100 londrinenses, 36 ainda não compareceram para tomar a terceira dose ou dose de reforço contra a covid-19 na cidade.

Já para os idosos, a cada 100 idosos, 64 ainda não retornaram para receber a quarta dose.

De acordo com o secretário Felippe Machado, cerca de 500 vagas para vacinação estão sobrando todos os dias em Londrina. A falta de atualização da imunização é um dos principais motivos para o aumento no número de contaminados nos últimos dias. Segundo o último boletim, o município tem 1.030 casos ativos da doença.

Para fazer o agendamento da vacinação é necessário entrar no site da Prefeitura.

Créditos: Tem Londrina

Londrina: 40% ainda não retornaram para vacinação de reforço
26 Maio

Londrina: 40% ainda não retornaram para vacinação de reforço

Escrito por

Enquanto os diagnósticos positivos de covid-19 aumentam nas últimas semanas, parte significativa dos londrinenses ainda não voltaram para tomar a primeira dose de reforço contra a doença (terceira dose ou segunda no da Janssen). De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), dos 459.133 que completaram o ciclo vacinal, 175.637 ainda não retornaram para tomar o reforço, número que representa 40% dos que já iniciaram a imunização, e 52% de toda a população, estimada em 580.870 habitantes pelo IBGE.

Conforme as informações, 283.496 pessoas receberam o imunizante de reforço (60%). Além de 36 mil idosos que já tomaram até a segunda dose de reforço (quarta dose ou terceira no caso da Janssen).

Do total de habitantes, a cidade tem 79% com as duas doses ou dose única.

De acordo com especialistas em saúde, a atualização da vacinação é de extrema importância, afinal a imunização gerada pelo corpo após a vacina, tende a ser reduzida durante os meses. É importante que a população retorne aos postos para completar o ciclo vacinal com todas as doses disponíveis.

Em Londrina, a vacinação pode ser agendada através do site da Prefeitura.

Créditos: Tem Londrina

Página 2 de 5
REDES SOCIAIS:
Image
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Um novo conceito em rádio!
Image